terça-feira, 3 de junho de 2014

E-Mail



Nem sabe como fico melancólico quando penso que se sente triste!
Nem imagina o desassossego em que me deixa, procurando-a sem encontrar!
Nem sonha que o sono se afasta!
Nem descobre que sonho só por falar consigo!
Nem sente que jamais será assim amada!
Nem nunca descobrirá porque merece ser amada assim!
Nem saberá alguma vez se, sem o saber, continuará a preencher um coração que conhece!
Nem um só coração bate assim tanto por alguém!
Nem eu alguma vez saberei as razões porque assim sou e consigo serei sempre!

J. Orlando Rocha in CHATices

Sem comentários:

Publicar um comentário