terça-feira, 27 de maio de 2014

Sou



Quem sou eu, o que aqui faço...
poder-te-ás perguntar.
só que nunca o saberás
se o não tentares desvendar.
o que é, não o parece
e o que parece, não é
e assim pouco te digo...
anda tu ver como é.

mas lembra-te:

sou o vento que te afaga
o sol que te acaricia
e a árvore que te oferece
doce sombra todo o dia
sou a brisa, sou o mar
e o rio que em ti dança
teu sorriso, tuas lágrimas
que protegem tua esperança
sou o pleno e o vazio
sou o tudo, sou o nada
sou aquela em que te perdes
(a mulher apaixonada)
em teus sonhos, prados verdes
nas noites de madrugada.
sou a flor, eu sou a estrela
sou o sol e sou a lua
sou a alma, sou o ser
sou mulher e sou só tua
sedutora, sensual
mansa e calma, original
saberei os teus anseios
e, num fogo ardente
ás vezes até inclemente,
cumprirei teus devaneios.

SLL

Sem comentários:

Publicar um comentário