terça-feira, 27 de maio de 2014

Nada



Eu sou:
um livro sem capa,
uma árvore sem fruto,
um mar sem ondas,
um céu sem azul,
um poeta sem nome.

Eu sou,
hoje aqui, e agora:

Nada.

SLL

Sem comentários:

Publicar um comentário