segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Quem Sou?



QUEM SOU 
De onde venho? 
Por baixo da pele me encontro 
Fora dela existo 
Alma e corpo 
Pensamentos e ações 
Humano e único 
Ou somatório de vários 
Sou rosto e voz 
Á procura de mim 

Quem sou eu afinal? 
Hoje sou o sítio que me considero 
No silêncio me invento 
Na multidão me consumo 
Consciência meu labirinto 
Mar oco de certas 
Dimensões que ultrapasso 
Durar para além dos momentos 
Neste cabimento dos vivos 

Mesmo andando às apalpadelas 
Estou preso a esta terra 
Mas ainda estranho a ela 
Sinto que por vezes 
Não caibo neste mundo 
Onde me quero encontrar 
Antes de assentar o pó!

Faze Araújo

Sem comentários:

Publicar um comentário