terça-feira, 26 de agosto de 2014

Pensamentos



Nesta manhã cheira a orvalho e a terra húmida, sentem-se aqui e ali os aromas mais puros da vida...

Apenas as aves quebram o silêncio com as suas vozes musicais e maviosas... e saio para conversar com elas de um modo que apenas eu e elas conhecemos.

As nuvens, na sua eterna dança, movem-se lentamente e a brisa leva consigo as palavras do meu coração.

Nela te sopro um beijo e um afago. Onde quer que estejas, encontrar-te-à.

SLL

Sem comentários:

Publicar um comentário