terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Noite





Apagam-se as luzes, encerra-se o dia.Amanhã será lavado e posto a secar...
e no fim de contas, tudo o que resta
são os sépias, os cinzentos
os desnudos quentes e húmidos
os lábios que percorrem o vazio...
vejo-te amanhã, talvez...
numa aurora antes do amanhecer...


SLL2015

Sem comentários:

Publicar um comentário