terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Nova Era



E as estrelas arderão com o sangue da nova Era... 
Como cordeiro, une- te ao lobo, 
da mentira se farão verdades e as verdades são imutáveis sob o Eterno. 
A bravura esconde-se na capa do covarde e sob a bravata existe a covardia. 
Quando a treva do real se derramar no solo fértil e os raios de lua o fecundarem, 
a hora dos feitiços chegará 
e a bruma será rasgada pelos dentes da serpente...

SLL2015

Sem comentários:

Publicar um comentário