sábado, 4 de abril de 2015

Soltas




Perco-me nas águas do sentir até que a música termine aquilo que o Amor começou...
.... Ah! quem me dera ser nuvem!


SLL2015

Sem comentários:

Publicar um comentário