sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Livre!!!



Livre, livre, livre
como o ar que vai e que volta
cada dia, um desafio, cada segundo, aprendizagem
cada gesto, um gesto de Amor...
Como seria belo o mundo
se em vez de mesquinhez, azedume e vinganças,
a palavra de ordem fosse a PAZ
não a paz do dicionário
a paz profunda que vem de uma consciência lavada pelo orvalho matinal
e que provém do âmago intocável do SER
a paz que advém do AMOR.
Livre, livre, livre...
como um pássaro que voa, em perfeita harmonia
como alguém que luta sem desistir
porque assim o deseja.
Quão livre é o Amor? a Paz? a Confiança?
Tão livres como o coração de quem os possui.
Sempre e para sempre.


SLL

1 comentário:

  1. Lindo, pujante como uma fera e doce como uma fruta madura colhida pela manhã.

    ResponderEliminar