sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Deusa Guerreira


Nela reside a alma da guerreira,
da Deusa, da mulher...
aquela que mesmo na dor,
acredita e não desiste.
A santa e a pecadora,
a virgem e a mãe.
Desnuda o corpo,
desvela a alma,
abre o coração,
sente a música das esferas,
escuta o vento...
segue o som das melodias que apenas ela pode ouvir.
Dança sempre:
à chuva, ao sol,
no fogo.
Pelo fogo que em si reside.
Ela é a chama que arde.
as ondas que batem na rocha.
o vento que levanta o cabelo.
a terra sólida em que se sustenta.
Acolhe os sentimentos,
cultiva lealdades,
chora em silêncio, por trás da sua armadura
e sorri para o mundo e para a vida...
canta alto o seu coração,
transforma sonhos em realidades,
desafia transitoriedades,
desafia a própria morte
porque renasce em si mesma:
cada vez mais forte
cada dia mais tenaz.
E prevalece.
Mesmo em silêncio
faz ouvir aos mundos os seus hinos,
céus e terra ouvirão seus chamamentos...
SLL

Sem comentários:

Publicar um comentário